O exercicío físico como fundamental na vida Sénior

O exercicío físico como fundamental na vida Sénior

A atividade física é a movimentação do corpo que gera consumos energéticos. Essa atividade pode ser correr, caminhar, nadar, ou mesmo praticar jogos como vólei, basquete, futebol, que são atividades em grupo. Todas elas são importantes para o bem-estar físico e mental, além do social.

A juventude é uma fase na qual a pessoa tem muita disposição e energia. Dessa forma, é necessário praticar mais exercícios físicos, tão benéficos para a saúde. Porém há muito que a sociedade no geral se debruçou, e ainda bem nas pessoas séniores, de forma a sensibiliza-las que o bem-estar não tem idade. Assistimos cada vez mais a seniores que entram em competições, que se deslocam para os espaços de lazer onde fazem os seus exercícios matinais, ao seu ritmo quer físico, quer mental.

E mesmo quando a fase da reforma se aproxima ou já faz parte do nosso quotidiano, o ritmo acelerado do dia a dia, tende a manter-se, pelo que combater o sedentarismo fará sempre sentido, se pensarmos que temos á nossa disposição um leque de facilidades da vida moderna e urbana que contribuem ainda mais para uma maior agitação e sedentarismo.

Se praticar exercício físico na juventude aumenta a produção de células do sistema imunológico, melhorando as defesas do organismo e afastando principalmente as doenças respiratórias, a tendência para a obesidade, é uma realidade indiscutível que o exercício físico no sénior estimula a circulação sanguínea, reduz o risco do AVC a diabetes, rigidez das articulações, osteoporose, colesterol elevado, hipertensão e a depressão

Por isso, é necessário o incentivo à prática do desporto pelo menos três vezes por semana, mas sem exageros, uma vez que pode haver lesões ou roturas. Assim, sempre que tenha disponibilidade exercite o seu corpo. A actividade física melhora a sua qualidade de vida, diminui a ansiedade e o stress da vida atribulada que nos cerca